Foto: Fabricio Carrijo

"Meu maior sonho é viver em um lugar tranquilo onde meus filhos possam crescer com segurança" - Francisco

por Suedy Lorenna

Francisco, 32 anos, vivia na Venezuela com seus quatro filhos. Possuía um grande comércio de peixe, e um pequeno sítio onde cultivava frutas para vender. Para ele, a vida era boa e o negócio rentável. Porém, com a progressiva generalização da crise, as pessoas já não tinham mais dinheiro para comprar os seus produtos.  A vida foi se tornando cada vez mais áspera, obrigando-o a tomar uma decisão: vender o pouco que havia lhe restado e vir para o Brasil.

 

Foto: Suedy Lorenna

Foto: Suedy Lorenna

 

Segundo Francisco, foi duríssima a decisão de deixar tudo o que conhecia para trás, e embarcar em uma jornada de incertezas rumo ao desconhecido. Sua viagem até o Boa Vista teve momentos complicados Entre Pacaraima e Boa Vista, Francisco e sua família enfrentaram uma caminhada de 100 Km durante sete dias.

Francisco detalha que durante o percurso teve muito apoio de comunidades indígenas e acabou sendo surpreendido por um caminhoneiro que, sensibilizado pela situação de sua família, ofereceu-lhes carona até o destino final, Boa Vista. Sonha um dia voltar a ver sua terra, voltar a cultivá-la e dar continuidade ao negócio que teve que deixar no passado.